Ana Vila Pouca tem mesmo Uma Vida à sua Frente

Uma Vida à Sua Frente de Romain Gary é narrado na primeira pessoa por Mohammed (Momo), um rapaz muçulmano de 14 anos, órfão, que vive no sexto andar de um prédio sem elevador no bairro pobre de Belleville com Madame Rosa, prostituta reformada e sobrevivente do Holocausto. Momo partilha a casa com outros órfãos, que vê chegar e partir, todos ao cuidado da mesma senhora, que dedica a sua vida a criar crianças ilegítimas de prostitutas das ruas de Paris.

tmp_2963-index-971835647

Num ambiente multi-cultural, multi-étnico e até burlesco, tão característico da obra de Gary, vemos várias vidas a serem vividas à nossa frente. E assim sendo, tal como na vida, experienciamos risos, dores, tristezas, esperanças. É sobretudo esperança que este livro nos oferece. Na amizade, no amor e na paz, tão preciosos durante a vida e até no momento da morte. E assim, quando a devoção e a solidariedade são maiores do que as diferenças, o que vemos são as pessoas. Nada mais importa.

Por isso, acredito que este é um livro que nos ajuda a viver a vida à nossa frente.

 

DSCF3294

 

Ana Vila Pouca
Local da fotografia: Livraria Déjà Lu, Cascais

Read More

Leave a Reply

*