O Martelo

12.00 

de Adelaide Ivánova,

Douda Correria#34/ 2ª edição
O Martelo
(capa de Xueh Magrini Troll/ posfácio de Carol Almeida/ composição de Joana Pires)

Categorias: , Etiqueta:

Descrição

a porca

a escrivã é uma pessoa
e está curiosa como são
curiosas as pessoas
pergunta-me por que bebi
tanto não respondi mas sei
que a gente bebe pra morrer
sem ter que morrer muito
pergunta-me por que não
gritei já que não estava
amordaçada não respondi mas sei
que já se nasce com a mordaça
a escrivã de camisa branca
engomada
é excelente funcionária e
datilógrafa me lembra muito
uma música
um animal não lembro qual.

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O Martelo”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.