Escritor Fracassado e outros contos

15.00 

de Roberto Arlt

Edição ou reimpressão: 09-2018

Editor: Editora Snob

Idioma: Português

Categorias: , Etiqueta:

Descrição

Roberto Arlts, “O Grande Indigno da literatura argentina”, nasce em 1900 na cidade de Buenos Aires. Filho de emigrantes pobres, cedo abandona a escola para se tornar autodidacta. Aos 18 anos publica o primeiro conto e começa a trabalhar como jornalista. Em 1926 é impresso El Juguete Rabioso, o seu primeiro romance. Em 1928 entra para a redação do El Mundo, onde inicia as suas famosas Aguasfuertes (crónicas, ou “notas”, como ele gostava de lhes chamar), que escreverá quase diariamente, com um ou outro intervalo, por toda a vida – a última data do dia anterior àquele que o levará de paragem cardíaca.

É autor de romances, teatro e contos. Destacam-se Los Siete Locos (já publicado cá pela Cavalo de Ferro), Los Lanzallamas e El Jorobadito (este que agora se publica).

O estilo de Arlt, furioso, mesclado, um motor aquecido com os detritos de uma sociedade urbana à beira da ruptura, foi mal recebido pela crítica. Pela sua escrita circulam os seres da margem, os loucos, os sábios (outro tipo de loucos), os mal-amados e fracassados. Teve leitores, tem leitores, procura leitores. É salvo por eles.

É o primeiro grande escritor moderno argentino. Para alguns, o único.

Morrem em 1942.

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Escritor Fracassado e outros contos”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.