Do Éden ao Divã

18.90 

de Moacyr Scliar, Etiahu Toker e Patricia Finzi,

ISBN: 9789896714888
Edição ou reimpressão: 05-2019
Editor: Tinta da China
Idioma: Português
Dimensões: 144 x 198 x 19 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 248
Tipo de Produto: Livro

Descrição

«Quantas mães judias são necessárias para trocar uma lâmpada? Uma, mas ela não trocará. Prefere ficar no escuro, chorando.»

Mais do que uma antologia de piadas e anedotas, Do Éden ao Divã é um retrato único das especificidades do humor judaico, com todos os seus contornos de melancolia, neurose e auto-ironia. Um livro que, partindo de tudo o que ao longo da História tem sido matéria-prima para o riso do povo hebreu, alcança, com erudição e graça, o seu éthos. De passagens bíblicas e do Talmude a Woody Allen ou Philip Roth, de piadas sobre Hitler ao humor científico de Einstein, passando por ilustrações de Moisés a brincar com a sopa e por muita psicanálise, esta colectânea palmilha vários continentes, acolhe muitas influências, abrange diversos autores, e não deixa escapar nada.

CRÍTICAS
«Dizem que, como os Mandamentos, existem apenas dez piadas básicas sobre a experiência de ser judeu, mas centenas de variações. Para aproveitar este manancial de humor, e inventar outras variações, ninguém melhor do que os próprios judeus. Como Moacyr Scliar, Patricia Finzi e Eliahu Toker, que não apenas fizeram humor em seu próprio trabalho como pesquisaram e coletaram de outros judeus, deixando-nos este tesouro.»
Luis Fernando Veríssimo

«Essa coletânea histórica e geográfica do humor judaico não mereceria uma resenha, mas uma cópia literal de várias de suas piadas, pela forma como fazem rir ao mesmo tempo que ativam a nostalgia e o espanto. Não é preciso ser judeu para reconhecer a graça dolorida de quem ri da própria desgraça.»
Noemi Jaffe, Folha de S. Paulo

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Do Éden ao Divã”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.