Raiz Densa no Pátio da Garganta

10.00 

de Manuel Seara
Editora: Douda Correria
Edição: Fevereiro 2020

Categorias: , Etiquetas: ,

Descrição

Camisa das Carpas

Atirar amores ao rio e aparecer desarmado de passados e fumos ao longe, nas químicas da Margem Sul e nos pedidos de casamento que o foram. Tinha um guião para esta parte mas o cais da colunas é uma paisagem tão clichet que mais vale irmos andando.
Confusos, caídos do céu, lições de moral, três da manhã, tudo fechado. O quanto eu gostava de poder planar, a solução para quando doem as pernas…
Nunca subestimo o público e alinho, quase sempre, na verificação “esquerda, direita” antes de atravessar a estrada;
até contigo, até na pressa de contemplar outros cenários — com fundo de cerveja e esferográficas nas profundezas da mochila.
Por onde vamos?
Aeroporto, para lá das fronteiras em descansos triunfais porque ninguém deve privar-se a si mesmo de gostar,
gostar a sério. Porque o sufoco deixa mazelas e já nem esperamos ter desafios à altura com tantos museus para visitar.
As ideias aquecem mas só se ouve o rio, mesmo longe, mesmo na relva, mesmo nos teus olhos.

Douda Correria

Raiz densa no pátio da garganta – Manuel Seatra

(capa de Sofia Menino/ composição por Joana Pires)

Informação adicional

Peso 0.200 kg

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Raiz Densa no Pátio da Garganta”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.