Serpe – As Três Águas do Encanto

10.00 

de Ana Sofia Paiva,

Ilustrações de Ligeiramente Canhoto
2018
Edição:The Poets and Dragons Society

Descrição

Esta é a fala da serpente. Ana Sofia Paiva apresenta-nos um poema encantado. Uma viagem pela consciência feminina que nos revela a cobra – o Dragão das Sete Cabeças, como narradora da génese e raiz da fertilidade. Este é um poema de uma beleza pura e que nos surpreende pela sua simplicidade. Ana Sofia Paiva revela-se uma poeta dotada de uma grande originalidade e lucidez. As ilustrações de LigeiramenteCanhoto, quais gotas de orvalho em folhas soltas, dão vida e cor ao poema.

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Serpe – As Três Águas do Encanto”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.