A literatura portuguesa na história de Inês Viseu

“Desde pequena que estou rodeada de livros de língua portuguesa – a minha mãe preferia-os às traduções, muitas vezes mal feitas, de livros estrangeiros. Assim, fui crescendo a ler autores portugueses, sem grande método ou valorização, somente por gosto de juntar palavras baixinho e criar histórias imaginárias.

Mais crescida, apercebi-me que na lista de autores portugueses já lidos, falhava uma lista exponencialmente maior de muitos outros importantes e influentes na nossa língua. Quando, perdidos no meio de outros, encontrei a colecção de livros de António José Saraiva – Cultura e História – decidi que os iria trazer comigo e aproveitar para explorar as origens do português literário e a sucessão de histórias, lendas, contos e romances que se foram criando até aos dias de hoje. O Espiga, claro, tinha que ser o local para pôr em prática esta investida.”

11911114_10153058172991931_2009739822_n

Inês Viseu, fotógrafa e uma das criadoras do Espiga, Espaço de Imaginação, Gosto e Arte.
Local da fotografia: Espiga

 

Read More

Leave a Reply

*